Sobre a treta na Ucrânia

Imagem

Na treta da Ucrânia, onde uma disputa inter-imperalista sinistra, entre Rússia e Otan, se desenrola sem previsão para acabar, é fato que Putin perdeu capital político, mas também é fato que ele ganhou algo. Difícil é calcular o saldo.

Putin perdeu quando seu presidente-marionete, Viktor Yanukovitch, foi enxotado da Ucrânia por uma rebelião popular, fazendo com que a influência russa no país evaporasse. Em seguida, porém, em um lance de mestre digno da melhor linhagem de enxadristas russos, logrou anexar uma porção do território ucraniano, a Crimeia, se valendo para isso de milicianos infiltrados, ao passo que negava, cinicamente, qualquer relação com eles. Somado à aplicação de um referendo em uma região de maioria étnica russa, criou-se então um fato praticamente consumado, enfraquecendo qualquer ímpeto de reação. Nada mais genial.

Agora os mesmos milicianos tomam prédios públicos de outras cidades do leste da Ucrânia, atraindo a repressão militar do governo central, o que deve gerar o pretexto que a Rússia quer para a incursão de 40.000 de seus soldados que coçam o dedo enquanto aguardam na fronteira.

Se a incursão realmente ocorrer, e se a Otan não intervier, o que é improvável, uma vez que aí teríamos a tão esperada guerra atômica, a Rússia deve então ganhar novos territórios. Se não oficialmente, como o foi com a anexação da Crimeia, ao menos deve conseguir impor a federalização da Ucrânia, o que garantiria, segundo o raciocínio do governo russo, uma influência sobre o leste ucraniano.

Trocando em miúdos: a Rússia perdeu a influência sobre um país inteiro, mas tomou-lhe parte do território e deve manter a influência sobre outra parte. Além disso, demonstrou força e capacidade de iniciativa invejável para o mundo, enquanto vê os níveis de aprovação de seu presidente subir às alturas.

E em meio a tudo isso fico pensando sobre aquela teoria que diz que a bomba atômica impede guerras. Acho que esse é exatamente o caso, pois duvido que Estados Unidos, França e Reino Unido deixariam Putin sambar na Europa caso reagir contra a Rússia não significasse o fim do mundo.

Anúncios

One Response to Sobre a treta na Ucrânia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: