O frio vem que vem

Há quem se deleite com a chegada do frio. Eu não. Odeio dormir de meias e com camisa de manga longa. Odeio vestir blusa pra sair. O desconforto pós- banho quente. A roupa que demora dias pra secar. O calor não. O calor é dormir mínimo, é o chinelo nos pés, a regata. Não falo, obviamente, do calor extremo – nenhum extremo é bom. Mas entre os dois extremos, calor e frio, fico com o calor. Há quem fique com o frio. Eu compreendo, mas acho estranho. De um anti-tropicalismo que salta aos olhos. Sou mais o torso nu ao edredon.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: